Vai fazer o (Enem) ? Horário de verão começa neste domingo em 11 estados

Fonte : em.com.br

Domingo é dia de Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas também de acertar os ponteiros e de garantir informações sem erro. Os primeiros testes da maior avaliação do país coincidem com a mudança dos relógios em 10 estados e no Distrito Federal, onde eles serão adiantados em uma hora a partir da meia-noite de sábado. O início do horário de verão é motivo extra para os candidatos terem ainda mais atenção ao planejamento, evitando ainda mais estresse. O país terá quatro fusos horários diferentes e, por isso, os portões dos locais de provas serão abertos e fechados em horários diferentes nos estados.

Um ponto não pode ser esquecido: o início do Enem leva em consideração o horário de Brasília. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, para candidatos do DF e dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e Goiás. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul também deverão adiantar os relógios em uma hora, mas como atualmente eles já têm um fuso com uma hora atrás de Brasília, a diferença permanece a mesma. Assim, no Amapá, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe os portões serão abertos às 11h e fechados às 12h, seguindo o horário local.

PONTUALIDADE: Recentemente, as redes de celulares e computadores adotaram o horário de verão antes do tempo. O erro movimentou as redes sociais e traz desconfiança a quem não pode perder a hora no domingo.                                    Com o fenômeno das fake news, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que os participantes busquem informações apenas nos canais próprios ou do Ministério da Educação, únicas fontes oficiais sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E chama a atenção para o fato de todo o conteúdo oficial do exame ser identificado com os logotipos das duas instituições. Este ano, quase 600 mil pessoas estão envolvidas com a aplicação da avaliação. Cinco vezes mais detectores de ponto eletrônico estarão disponíveis nos locais de prova.

O Enem comemora 20 anos de existência com números impressionantes. Desde a primeira edição da prova, em 1998, quase 90 milhões de brasileiros se inscreveram para os testes, que surgiram naquela época apenas como uma avaliação do ensino médio.